logo do blog

População invade delegacia e mata preso em Tapiramutá


Cerca de 400 pessoas de Tapiramutá, cidade localizada na região da Chapada Diamantina, na Bahia, invadiu a delegacia do município na noite desta segunda-feira (14). De acordo com a polícia, os moradores abriram uma das celas, retiraram um dos presos, o levaram para fora da unidade policial e o espancaram até a morte. Depois, o grupo ainda ateou fogo no rapaz, que tinha 21 anos. Outros dois presos que estavam na mesma cela fugiram, informou a polícia. Apenas o carcereiro e um vigilante estavam a unidade e não conseguiram conter o grupo que invadiu o local. Segundo a polícia, o homem morto em frente à delegacia era suspeito de um latrocínio ocorrido na madrugada de domingo (13), em Tapiramutá. De acordo com a polícia, o preso invadiu a casa de um idoso de 80 anos, que morava sozinho, roubou objetos do imóvel e depois matou a vítima a pauladas. O suspeito foi preso logo após a ação. A polícia informou que o homem era conhecido por praticar furtos na cidade e que já havia sido preso duas vezes pelo mesmo crime.



O idoso morto pelo suspeito no domingo foi enterrado na tarde desta segunda-feira. Segundo a polícia, as pessoas que invadiram a delegacia saíram do sepultamento da vítima revoltadas e foram até a unidade. Por volta das 20h30, o corpo do preso morto continuava na rua. Cerca de 500 pessoas já se aglomeravam no local, segundo a polícia. A Polícia Técnica de Jacobina, cidade próxima a Tapiramutá, foi acionada e deve fazer a retirada do corpo do local.

Nenhum comentário:

Postar um comentário